Modéstia masculina? Ôxe, também?!

13:50:00

Durante esses dia, falei aqui a respeito da modéstia, de uma maneira geral. Já é a publicação mais vista da semana. A galera se interessou pelo tema em! Pois bem, hoje irei falar sobre a modéstia masculina... "O queeeeeee?!" Ué? Você pensa que só a mulher é chamada a viver a modéstia? Então está muito enganado.

Se você ainda não leu o artigo anterior que trata do assunto de uma forma geral, aconselho que leia antes de continuar este, pra que a sua mente não fique bugada. Então CLIQUE AQUI.


A modéstia deve ser vivida por todas as pessoas que querem fazer a vontade de Deus. Ela não é uma coisa de outro mundo, ou utópica, ou surreal. Ela é algo muito simples. Deve ser vivida na medida certa, caso contrário, deixa de ser modéstia e passa a ser modinha. Não adianta ir de terno e grava pra Missa no calor de Maceió - a não ser que você esteja em uma ocasião muito solene, como um casamento ou uma formatura, por exemplo. No mais, sem exageros, porque Deus gosta de coisas simples.

Viver a modéstia não significa dizer que terei de me vestir com calça social odos os dias, ir à praia de moletom e aquele chapeuzinho de veludo que eu nem sei o nome - nem sei se ele é mesmo de veludo ou de pano. É preciso entender que somos jovens e uma calça jeans não irá ferir a nossa castidade.

Para que possamos entender esse assunto amplo no campo masculino, o que eu penso, inclusive, mais complicado de se entender é que o homem não age mal se não cobrir o corpo como a mulher. Por que? Porque é homem. E não me venham com discursos feministas aqui, por favor. Isso significa, que é da natureza da mulher guardar-se recatar-se, cobrir-se. Por isso que a vivência da modéstia feminina não permite que uma mulher vista-se com uma camisa regata e um calção acima dos joelhos. Ao homem, isso é possível e não deixa de ser modesto - não nos esqueçamos que precisamos analisar cada situação e ocasião. 

O homem também pode viver a modéstia usando calças jeans, como já disse, mas é importante observar se ela está confortavelmente "folgada". Não significa que você irá usar uma calça balão a partir de agora - sim, eu já usei uma calça balão na minha infância -, mas seria imoral vestir uma calça comprimida à vácuo, onde não sobra espaço nem para colocar a carteira dentro dos bolsos. 

No minha opinião, e ouso repetir, na minha opinião, não seria imodesto um homem vestir-se com uma sunga quando tomar um banho de piscina, num local mais restrito e com a família ou com outros amigos homens, por exemplo. Sinceramente, não consigo ver defeito nisso, e se for, que o Senhor converta o meu coração e ilumine a minha consciência. No entanto, se você tem algum receio ou está inseguro quanto ao que usar na praia ou na piscina, então use uma bermuda e o problema estará resolvido.

Mas como viver a modéstia na academia? É aí que o bicho pega. Nós homens, sabemos que podem-se fazer alguns exercícios na academia com aquelas calças próprias, as quais são bem folgadas e leves. Mas existem exercícios que exigem de nós que usemos bermudas curtas, e isso ninguém pode negar, como o exercício de pernas, por exemplo. (Obs.: fique claro aqui que eu não sei o nome de nenhum exercício de academia). 

Nesses casos, o meu conselho é usar algumas peças de roupa que irão ajudar você a preservar a sua castidade e a castidade de quem está olhando pra você, que é justamente o que eu faço: Use uma camisa mais folgada e maior, e com mangas curtas; Além da sua roupa íntima (claro), você pode usar um short término que vá até quase a altura do joelho e por cima um calção no mesmo tamanho. Pronto, você está "protegido" na medida do possível.

Acredito que a gente não pode relativizar as coisas, mas também não deve agir como aquele burrinho que não vê o que está dos lados, a realidade do lugar, o contexto das ocasiões.

Não custa terminar dizendo que, sempre que você for à missa ou a alguma ação litúrgica, Igreja, Oração, evite usar bermudas. Vamos tentando abandonar dos nossos guarda-roupas aqueles shorts "femininos" super colados que "estão lá ninguém sabe o porquê". Vamos percebendo também que, camisa regata é uma coisa, camisa com dois fios aos braços e um rombo do tamanho de um vulcão dos lados - geralmente usada nas academias - é outra coisa. Percebamos se nossas camisas passam no "teste" do louvor: Levantou o braço, apareceu a barriga? Cartão vermelho, pega uma maior.

Só não se esqueçam que tudo vem do coração. Será muito mais fácil viver a vontade de Deus se formos amigos de Deus. Assim, nada será um peso, tudo será um gosto. 

Paz e bem!





Gostou desse artigo? Então compartilhe com os seus amigos!

You Might Also Like

0 comentários

Mais vistos

Curta minha Página no Facebook

Flickr Images